O WorkFlow Link é integrado ao processo de produção de impressão e composto por três módulos principais que dão suporte às várias etapas do processo de impressão. Para permitir um fluxo de informações eficiente em todo o processo, todos os componentes do WFL podem ser facilmente conectados por meio de uma rede local.

1. Inspeção – Módulo WFL Press Side

Geralmente instalado em uma impressora, laminadora ou máquina de acabamento digital, o módulo de inspeção armazena informações e imagens dos defeitos detectados e da respectiva localização no rolo impresso. Para cada rolo impresso, um relatório de rolo digital é armazenado no banco de dados. O módulo WFL Press Side sincroniza os defeitos detectados e armazenados pelo sistema de inspeção com localização precisa na banda impressa.

2. Edição – PrintFlow Manager (opcional)

A estação de edição possibilita a tomada de decisões inteligentes do relatório do rolo digital, determinando quais defeitos detectados devem ser removidos e em qual estágio, seguindo os padrões de controle de qualidade da sua empresa. A estação de edição garante que a rebobinadora seja interrompida apenas devido a defeitos relevantes, acelerando a execução. A edição pode ser feita na impressora ou na rebobinadora.

3. Remoção de defeitos – Módulo WFL Rewinder Side

O módulo WFL Rewinder Side geralmente é instalado na rebobinadora e usa as informações do relatório do rolo editado digitalmente para interromper o funcionamento dela automaticamente apenas se ocorrerem defeitos relevantes, permitindo que o operador substitua etiquetas com problemas ou remova o material defeituoso, garantindo que os clientes recebam seus pedidos sem falhas.

Identificação e sincronização de rolos

O WorkFlow Link suporta vários fluxos de trabalho de produção e permite personalizá-los de acordo com a configuração da sua impressora e os requisitos da sua empresa. Na maioria dos fluxos de trabalho, o WFL usa um ‘código de barras único’ para identificação e sincronização de rolos e o aplica na impressora manual ou automaticamente, no final de cada rolo impresso. Os códigos de barras são lidos no módulo WFL Press Side e atribuídos ao relatório de rolo digital relevante por meio de um scanner de código de barras manual ou automático.

Sensores

Para fornecer informações precisas sobre a localização de defeitos, sensores adicionais são instalados na impressora e na rebobinadora. Dependendo da aplicação de impressão, é possível implementar vários sensores, como sensores ópticos, ópticos UV e de etiquetas.

Comece a crescer
ainda hoje

Com ferramentas que melhoram cada etapa do seu fluxo de trabalho de produção de embalagens, nunca foi tão fácil começar.