Produtores de chapas desfrutam da simplicidade, eficiência e produtividade do novo Flexo Engine da Esko

Novos recursos e funcionalidades de automação anunciados como parte do mais recente lançamento da Esko

Agora, os produtores de chapas flexográficas podem economizar tempo, simplificar as operações e aumentar a produtividade com o lançamento do Flexo Engine, a mais recente inovação da Esko.

Parte do recém-lançado Esko Software 21.11, a mais nova versão do Automation Engine apresenta o inovador Flexo Engine, com mesclagem automatizada e uma série de novas ferramentas desenvolvidas para aumentar a produtividade na clicheria.

Esko-AVT-Award

“Seja em uma clicheria ou internamente, os clientes enfrentam demandas cada vez maiores na produção de chapas flexográficas”, relata Robert Bruce, Flexo Software Product Manager da Esko. A necessidade de entregar chapas de alta qualidade no menor tempo possível pode ser uma grande dor de cabeça. É por isso que desenvolvemos o Flexo Engine, uma ferramenta de última geração para ajudar os produtores de chapas a aumentar a eficiência, a produtividade e o desempenho.”

“A mesclagemautomatizada elimina o uso de inúmeras ferramentas diferentes e a maior automação economiza tempo e melhora a rastreabilidade do processo de gravação de chapas flexográficas”, diz Robert. “Por exemplo, um painel intuitivo ajuda a simplificar as operações, enquanto a conectividade com equipamentos de outros fornecedores garante um fluxo de trabalho totalmente conectado.”

O Flexo Engine também traz o inovador recurso PlateID, a solução automatizada para o desafio de marcar chapas de forma permanente e com precisão.

Atualmente, as chapas flexográficas são marcadas com inúmeras informações necessárias para o processo de impressão, incluindo o ID do trabalho, referências de cores, se impressão em superfície ou impressão reversa é necessária, tamanho da manga e data de fabricação. Até hoje, essas informações importantes geralmente eram incluídas em uma etiqueta, entalhadas na chapa com um plotter de caneta ou mesmo escritas à mão.

“A chapa usa tecnologia de exposição e a gravadora de chapa CDI Crystal XPS para gerar imagens de todas essas informações vitais na chapa flexográfica abaixo da superfície de impressão”, explica Robert. “Isso torna as marcas perfeitamente legíveis e evita o problema de remover as tradicionais marcações em caneta com a influência de tintas, solventes e outros produtos químicos usados no processo de impressão. Esta é a solução que as empresas de gravação de chapas flexográficas esperavam.”

O PlateID oferece aos produtores de chapa diversos benefícios, como:

  • Marcação clara e permanente, eliminando o risco de perda de marcas durante a limpeza ou impressão
  • Eliminação de erros humanos no processo de marcação, quando as informações são adicionadas pela primeira vez
  • Minimização de desperdício, pois a identificação da chapa pode ser adicionada dentro da área de design ou em uma lacuna no Step and Repeat
  • Ganhos de eficiência aos operadores, graças à minimização do tempo gasto na procura das chapas corretas
  • Melhoria da logística de manuseio e armazenamento de chapas

Os benefícios do PlateID estão disponíveis para todos que usam o sistema de exposição Esko Crystal XPS. Além disso, os usuários do Flexo Engine também podem obter benefícios com um outro recurso novo, o Auto Plate Cut, que aumenta ainda mais a economia de tempo e a redução do desperdício.

“Chapas de corte escalonado para a produção de embalagens flexíveis e impressão de etiquetas compõem um processo padrão que ajuda a eliminar saltos na impressora e a aumentar a velocidade da produção de impressão”, diz Robert. O processo manual de preparação de um trabalho de corte escalonado pode envolver uma série de ferramentas diferentes e o operador pode demorar entre cinco e vinte minutos por chapa. Mas com o Auto Plate Cut, o processo é automatizado para processar qualquer arquivo PDF com repetições.

“Se uma empresa fizer 1.000 trabalhos por ano, com a automação dessa tarefa, ela poderá economizar cerca de 250 horas por ano”, afirma Robert. “A eliminação de erros causados por saltos nas chapas permite que a impressora imprima mais rápido, com menos aparecimento de faixas, e também ajuda a reduzir o desperdício de chapas.”

O Flexo Engine é parte da versão mais recente do Automation Engine, lançado como parte da plataforma Esko Software em novembro de 2021.

“A Esko continua com o compromisso de acelerar o processo de lançamento de produtos embalados no mercado e aumentar a produtividade de chapas. O novo Flexo Engine é mais um passo rumo à digitalização, automação e conexão do processo – um avanço crucial para as empresas”, acrescenta Robert. “O Flexo Engine oferece maior eficiência e produtividade em todo o fluxo de trabalho de chapas flexográficas e é uma ferramenta completa para as empresas que estão trilhando a sua própria jornada de transformação digital.”

Para mais informações sobre o Flexo Engine e todo o portfólio de soluções de software da Esko, visite o Esko Innovation Hub em innovation.esko.com/pt.

Fale conosco